sexta-feira, 30 de abril de 2010

Anda, Vem...



Foto de Flor

Anda, vem... por que te negas,
Carne morena, toda perfume?
Por que te calas,
Por que esmoreces
Boca vermelha, - rosa de lume!

Se a luz do dia
Te cobre de pejo,
Esperemos a noite presos num beijo.

Dá-me o infinito gozo
De contigo adormecer,
Devagarinho, sentindo
O aroma e o calor
Da tua carne, - meu amor!

E ouve, mancebo aládo,
Não entristeças, não penses,
- Sê contente,
Porque nem todo o prazer
Tem pecado...

Anda, vem... dá-me o teu corpo
Em troca dos meus desejos;
Tenho Saudades da vida!
Tenho sede dos teus beijos!

António Botto



sábado, 24 de abril de 2010

Oh! mar...

Foto de Flor-Torre de Belém/Lisboa


lágrimas das mães
molharam as palavras
entraram no mar


quarta-feira, 21 de abril de 2010

Vielas


Foto de Flor (Evora)


Por aquelas vielas
procurei alguém
que me falasse de ti.
Não vi ninguém,
nem te senti!

Porquê fugiste de mim?




segunda-feira, 19 de abril de 2010

Gato que brincas na rua...


Fernando Pessoa by Gary Lachman


Gato que brincas na rua

Como se fosse na cama,

Invejo a sorte que é tua

Porque nem sorte se chama.


Bom servo das leis fatais

Que regem pedras e gentes,

Que tens instintos gerais

E sentes só o que sentes.


És feliz porque és assim,

Todo o nada que és é teu

Eu vejo-me e estou sem mim,

Conheço-me e não sou eu.

FERNANDO PESSOA

(Janeiro de 1931)


sexta-feira, 16 de abril de 2010

Que nenhuma estrela queime o teu perfil...



Que nenhuma estrela queime o teu perfil
Que nenhum deus se lembre do teu nome
Que nem o vento passe onde tu passas.

Para ti criarei um dia puro
Livre como o vento e repetido
Como o florir das ondas ordenadas.


Sophia de Mello Breyner


terça-feira, 13 de abril de 2010

Uma das maravilhas de Portugal.


Castelo de Almourol

Desde muito pequena que a caminho da minha terra, sempre admirava este castelo no meio do rio Tejo. Passava, olhava pelo vidro lateral do carro, depois virava a cabeça para vê-lo desaparecer na última curva e nunca paravam o carro para o ver de perto. Toda a minha vida sempre foi meu desejo visitar o Castelo de Almourol ou poder vê-lo mais de perto.

Há uns meses atrás fui a Constância e dei por mim a aproximar-me de Tancos e comecei a pensar que era nesse dia que o meu sonho ia ser realizado. Ali estava ele, imponente numa ilha rodeado de água por todos os lados.

Já se aproximava o final da tarde, não se pode dizer que já estivesse lusco-fusco porque as tardes de verão são longas, mas quando me dirigi ao barqueiro que estava por ali cerca do pequeno barco que fazia a travessia, ele informou que já não podia deixar ninguém à entrada do castelo porque era a última viagem que fazia e depois não pudíamos regresar a terra.
E assim foi, con algum receio entrei no barco e dei juntamente com alguns turistas um pequeno passeio à volta do castelo, numa viajem curta e algo atribulada porque um ou dois turistas levantou-se para tirar umas fotos e estivemos quase a tomar um banho forçado juntamente com uns patos que por ali andavam a espera de pedaços de pão que lhes íamos atirando.

Apesar de não ter visitado este monumento histórico, fiquei muito feliz pois senti que eu e ele nos tínhamos aproximado e que, quem sabe, um dia eu poderia entrar nos seus dominios.




domingo, 11 de abril de 2010

sábado, 10 de abril de 2010

Sintra



(Palácio dos Plátanos-Segurança Social)

Ontem tive que me deslocar a Sintra para tratar de uns assuntos na Segurança Social e claro aproveitei para tirar algumas fotografias. A Segurança Social em Sintra fica num palacete muito bonito na Quinta dos Plátanos. Enquanto estive à espera que me chamassem, estavam cerca de 30 pessoas a minha frente, sentei-me cá fora no jardim. Digo jardim, mas de jardim não tem nada porque infelizmente está muito mal cuidado. Pelo menos ouvem-se os passarinhos e aproveitei para apanhar um poco de sol que áquela hora estaba ainda poco forte.

Antes de dirigir-me para o carro fui até à Alameda dos Combatentes e tirei umas lindas fotografias que deixo aqui para os meus amigos puederem apreciar.

Sintra é uma maravilha, nunca me canso de admirar os palácios e edificios antigos. Alguns estão mesmo a necesitar de recuperação urgente.

NOVO BLOGUE




É com emoção que acabo de crear esta nova página na minha língua, Português.
Sei que tenho muitos amigos que pensam que eu sou espanhola. Não sou espanhola. Sou portuguesa e com muito orgulho. Optei por escrever em espanhol nas minhas outras paginas porque todos os meus seguidores são de "habla espana", como eu costumo dizer.
Vou-lhes contar um segredo!! Tenho que escrever urgentemente em português porque já estou a ficar com dificuldades com a escrita. Quero escrever na minha língua e só sai metade português, metade espanhol.

Estou a pensar fazer desta página o meu diário, ou seja escrever tudo o que me vem à mente, o que me apetece.

O que sair, sairá!!


.

.

Banhinho

Banhinho
Loading...

ROGER

Related Posts with Thumbnails

A flor mais grande do mundo

Número total de visualizações de página